Desktec { Blog

Tutoriais e Notícias de TI

By

Diferença entre require, require_once, include, include_once

Muitos programadores utilizam determinadas funções e não sabem sua função e nem porque estão escrevendo tal linha de código. Assim é na maioria das profissões, preferimos copiar e colocar um certo código que já esta rodando do que procurar entender aquela lógica e poder evoluir naquela programação.

Mas ao se deparar com algumas funções no PHP, é primordial o bom entendimento das mesmas pois com isso iremos estar a par do comportamento do nosso sistema.

O PHP nos contempla com algumas formas de inserir um bloco de código de script PHP ou um arquivo externo que desejamos incluir no nosso projeto.

include(): Tenta incluir uma página. Caso de algum erro, o script retorna um warning (aviso) e prossegue com a execução do script. Aceita a passagem de variáveis (GET) na string. Pode ser utilizado em uma estrutura de condicionais que terá seu efeito perpetuado todas as vezes que for chamado.

Require(): Tenta incluir uma página. Caso de algum erro, o script retorna um fatal error(erro fatal) (Que maravilha!) e aborta a execução do script. Aborta mesmo, já era não roda nada mais dali pra frente. Não aceita a passagem de variáveis (GET) na string. Não recomendo que utilizem nas estruturas condicionais, a menos que se deseje o seu efeito, de ser executada apenas uma vez.

include_once() e require_once(): Idênticas as suas funções simples, porém se o arquivo referenciado já foi incluso na página anteriormente, a função retorna ‘false’ e o arquivo não é incluido. É bom quando temos muitos includes e já estamos perdidos, sem saber o que está incluindo o que.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>